4 (2)

Em 2008, o mundo conheceu uma revolucionária inovação que, desde então, mudou os mercados e a economia global: o bitcoin (moeda virtual).

Criado em um cenário de crise econômica mundial e a bolha imobiliária, o bitcoin chegou para prevenir os gastos duplos e dar mais credibilidade para as transações financeiras online.

Blockchain é a engenharia computacional que registra as transações e movimentações de ativos de forma criptografada e muito mais segura. É considerado como a grande invenção do século XXI,  tamanha sua capacidade de revolucionar a cultura e a forma como as pessoas se relacionam.

Os registros das transferências são organizadas cronologicamente e validadas em blocos por diversas máquinas ao redor do mundo, interconectados pela internet. Cada um dos blocos é criptografado e as próximas transações precisam, necessariamente, partir dos dados de um deles. O próprio sistema se autorregula, por meio da distribuição do poder de controle e auditoria.

De certa forma, qualquer ramo comercial ou industrial pode se beneficiar do seu uso para registros e certificações. Já começam a ser testadas inclusive outras aplicações dentro da tecnologia, como registros de propriedade de terra, contratos digitais, patentes, auditorias, históricos de diplomas e etc, trazendo um mundo de possibilidades para o futuro, já que desburocratiza e barateia processos e contabilidade de documentos.

Fraudar dados ou modificar alguma transação é praticamente impossível com o uso do Blockchain, pois ao organizar transações em blocos e criptografadas, o código do registro é relacionado ao bloco anterior, de onde partiram as transações, criando uma cadeira de criptografias inter-relacionadas, ou seja, o esforço para quebras uma criptografia em série é praticamente inviável.

 

Confira alguns pontos que devem ser avaliados antes de adotar uma solução blockchain:

 

PLANEJAMENTO

É necessário avaliar se uma solução baseada em blockchain está de acordo com o planejamento estratégico da empresa, pois demanda um investimento no projeto e tempo para implantar a solução.

 

DEPARTAMENTOS

Investir na formação e preparar os funcionários que vão utilizar a solução é uma das primeiras coisas a serem feitas. É interessante separar em grupos o pessoal que testará os protótipos para que possam levantar feedbacks para o desenvolvimento.

Também é preciso repensar as estruturas dos departamentos e responsabilidades de cada funcionário para adaptá-los à nova ferramenta.

 

INFRAESTRUTURA

Uma solução blockchain só será interessante se a infraestrutura tiver a capacidade de comportar o processamento dos dados dos processos. Por isso, é sempre necessário  verificar se a capacidade instalada  e das redes de dados da empresa possuem o tamanho suficiente para viabilizar o projeto.

 

SOFTWARE

Há uma série de softwares disponíveis, inclusive de código aberto, para a implantação de soluções blockchain por uma empresa. No entanto, é preciso conhecê-los bem para encontrar o mais adequado a suas necessidades. O auxílio de uma consultoria pode ser interessante para diminuir o prazo de implantação e seus custos.

Profissionais em cargos de chefia e liderança precisam estar de olho nessa tecnologia e no seu desenvolvimento, para começar, o quanto antes, a testar e implantar projetos baseados em blockchain em suas empresas. Afinal, ninguém quer ficar para trás na corrida pela inovação.